Última hora
This content is not available in your region

O vulcão "Cumbre Vieja" já consumiu 180 casas em La Palma

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
O vulcão "Cumbre Vieja" já consumiu 180 casas em La Palma
Direitos de autor  AP Photo
Tamanho do texto Aa Aa

Na ilha espanhola de La Palma, as imagens falam por si. O vulcão "Cumbre Vieja" continua a expelir fumo fogo e lava, que avança, inexoravelmente, em direção ao mar.

A corrente de lava abrandou nas últimas horas e move-se agora a cerca de 120 metros por hora.

A pequena cidade de Todoque está agora também na trajetória da lava e é progressivamente apagada da paisagem perante a impotência de residentes e vizinhos.

Um residente pede respeito pelas pessoas que estão a perder os seus bens: "Há muita gente que pensa que isto é um espetáculo, mas isto não é. Há aqui pessoas que estão a perder as suas casas. Sinto-me com sorte porque não perdi a minha, que está um pouco longe da área afetada. Mas há pessoas que consideram isto como se fosse uma brincadeira e o que estou a dizer é que também se deve ter um pouco de consideração".

O fascínio das imagens contrasta com a dureza da destruição. Mais de 180 casas já foram destruídas e quase 6.000 pessoas tiveram de abandonar tudo.

As estimativas das perdas ultrapassam já os 400 milhões de euros e as autoridades preparam-se para novos desafios, nos próximos dias, com a emissão de gases tóxicos, quando a lava chegar ao mar.

O Instituto Vulcanológico Espanhol divulgou, nas redes sociais, captações do som produzido pelo início da erupção do "Cumbre Vieja".