Vendas de automóveis na Europa caem para níveis de 1995

Access to the comments Comentários
De  euronews
Vendas de automóveis na Europa caem para níveis de 1995
Direitos de autor  AFP

As vendas de automóveis na Europa caíram no mês passado, uma vez que a indústria foi fortemente afetada pela falta de chips, que são componentes-chave dos veículos. Várias marcas importantes interromperam temporariamente a produção nas fábricas.

O comunicado da Associação Europeia de Fabricantes Automóveis refere que a procura por carros novos caiu para cerca de 718 mil unidades, "atingindo o menor número de registos para um mês de setembro desde 1995.”

O registo de carros novos caiu 23,1% no mês passado, em relação ao ano anterior.

De setembro de 2020 para o mesmo mês deste ano, os principais mercados europeus registaram quedas de dois dígitos. Em Itália, a queda foi de 32,7%, na Alemanha de 25,7%, em França de 20,5% e em Espanha de 15,7%.

Numa altura de retoma da atividade depois do levantamento das restrições sanitárias, os fabricantes enfrentam a concorrência de outras indústrias que também necessitam de chips. Computadores e telemóveis ficam com grande parte dos componentes fabricados.