This content is not available in your region

Vendas de automóveis na Europa caem para níveis de 1995

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Vendas de automóveis na Europa caem para níveis de 1995
Direitos de autor  AFP

As vendas de automóveis na Europa caíram no mês passado, uma vez que a indústria foi fortemente afetada pela falta de chips, que são componentes-chave dos veículos. Várias marcas importantes interromperam temporariamente a produção nas fábricas.

O comunicado da Associação Europeia de Fabricantes Automóveis refere que a procura por carros novos caiu para cerca de 718 mil unidades, "atingindo o menor número de registos para um mês de setembro desde 1995.”

O registo de carros novos caiu 23,1% no mês passado, em relação ao ano anterior.

De setembro de 2020 para o mesmo mês deste ano, os principais mercados europeus registaram quedas de dois dígitos. Em Itália, a queda foi de 32,7%, na Alemanha de 25,7%, em França de 20,5% e em Espanha de 15,7%.

Numa altura de retoma da atividade depois do levantamento das restrições sanitárias, os fabricantes enfrentam a concorrência de outras indústrias que também necessitam de chips. Computadores e telemóveis ficam com grande parte dos componentes fabricados.