Explosão em fábrica de explosivos russa faz 17 mortos

Falha na produção poderá estar na origem da explosão
Falha na produção poderá estar na origem da explosão Direitos de autor euronews
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Incidente em Lesnoi, na região de Ryazan, 200km a sudeste de Moscovo, sem sobreviventes. Operações de busca e resgate estão encerradas.

PUBLICIDADE

A explosão numa fábrica de explosivos na vila de Lesnoi, na regiuão russa de Ryazan, 200km a sudeste de Moscovo, não deixou sobreviventes.

Os 17 trabalhadores que estavam no interior da fábrica morreram, revelaram os serviços de emergência após encerrar a operação de busca e resgate.

De acordo com as autoridades locais, uma pessoa tinha sido hospitalizada com ferimentos graves, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

O incidente ocorreu na fábrica Elastik, especializada no fabrico de explosivos industriais para uso civil, mas onde também havia "capacidade de produção" de munições, de acordo com o site da empresa.

No combate ao incêndio estiveram 170 elementos das equipas de emergência, apoiados por 50 viaturas.

O alarme disparou pelas 08h22 desta sexta-feira, menos duas horas em Lisboa.

O Ministério russo das Situações de Emergência informou que a explosão terá sido causada por um erro no processo de produção. Foi aberto um processo criminal.

A região de Ryazan decretou o 25 de outubro como dia de luto pelas vítimas deste incidente.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pelo menos 92 mortos em explosão de camião cisterna

Morreu opositor Alexei Navalny, segundo autoridades prisionais russas

Ataque ucraniano em Belgorod fez pelo menos 20 mortos