EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Ómicron pode comprometer organização dos Jogos Olímpicos

Ómicron pode comprometer organização dos Jogos Olímpicos
Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

China reconhece "desafios" mas acredita no sucesso do evento em Pequim.

PUBLICIDADE

A descoberta da nova variante da Covid-19 pode comprometer o normal funcionamento dos Jogos Olímpicos de Pequim. A China reconhece que a ómicron representa desafios e dificuldades adicionais para a organização, mas reafirma a confiança no sucesso do evento - que acontece de 4 a 20 de fevereiro.

Creio que definitivamente levará a desafios ligados à prevenção e controlo. Pequim aprecia os esforços da África do Sul em oferecer informações oportunas" sobre a variante. A China tem muita experiência na resposta à Covid-19. Acredito firmemente que os Jogos Olímpicos de Inverno serão realizados sem problemas.
Zhao Lijian
Porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China

A China controlou a pandemia no seu território, devido com medidas drásticas e fortes limitações nos voos internacionais. A vida regressou ao normal na primavera do ano passado, mas o país ainda enfrenta o aparecimento de pequenos surtos esporádicos.

Os jogos olímpicos de Pequim vão ter lugar envoltos numa bolha sanitária que envolve também os cerca de 2900 atletas participantes. Quanto ao público: apenas espetadores residentes na China poderão assistir ás provas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Barcos chineses confrontam embarcações da Marinha filipina

Dalai Lama recebe delegação de congressistas norte-americanos na Índia

Diplomacia dos pandas: primeiro-ministro chinês visitou zoo de Adelaide para ver Wang Wang e Fu Bi