This content is not available in your region

Dinamarca quer arrendar celas prisionais do Kosovo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Copenhaga prevê pagar 210 milhões de euros ao Kosovo
Copenhaga prevê pagar 210 milhões de euros ao Kosovo   -   Direitos de autor  Euronews

O Kosovo aceitou arrendar 300 celas de prisão à Dinamarca, país que sofre de sobrelotação nas cadeias.

Desde 2015, Copenhaga regista um aumento da população de reclusos na ordem dos 19%. O número de guardas prisionais decresceu praticamente na mesma proporção.

Por isso, o parlamento dinamarquês debate um projeto que prevê o pagamento de cerca de 210 milhões de euros ao país balcânico ao longo de 10 anos.

Karina Lorentzen, porta-voz do Partido Popular Socialista, diz que a medida é necessária devido à situação "catástrofica" e "de emergência" que o país vive.

O acordo estipula o envio apenas de presos considerados não perigosos. As autoridades dinamarquesas avaliaram positivamente o tratamento dado aos reclusos nas prisões kosovares, que também elas se encontram perto da capacidade máxima.