This content is not available in your region

Advogados de Ghislaine Maxwell pedem novo julgamento em caso Jeffrey Epstein

Access to the comments Comentários
De  Euronews  com AFP
euronews_icons_loading
Advogados de Ghislaine Maxwell pedem novo julgamento em caso Jeffrey Epstein
Direitos de autor  Elizabeth Williams/AP

A defesa de Ghislaine Maxwell pediu para anular o julgamento que, no final do ano, considerou a antiga companheira de Jeffrey Epstein culpada de tráfico sexual de menores.

Os advogados alegam que um dos jurados terá influenciado os restantes membros do júri a condenar Maxwell, ao partilhar a própria experiência enquanto vítima de abusos sexuais.

Um documento do tribunal, com a data de 5 de janeiro, a que a Agence France-Presse (AFP) teve acesso, deixa evidente que a defesa baseia a interposição num artigo do jornal Daily Mail, em que um dos jurados, identificado como Scotty David, afirma ter revelado as informações pessoas, durante as deliberações, a fim dar contexto ao resto do júri sobre a forma como as vítimas nem sempre recordam todos os pormenores dos abusos.

A possibilidade de abertura de um inquérito pode vir a atrasar a leitura da sentença, ainda sem data conhecida.