This content is not available in your region

Protestos contra vacinação obrigatória em Viena

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AP, AFP
euronews_icons_loading
Protestos contra vacinação obrigatória em Viena
Direitos de autor  أ ب

Milhares de pessoas manifestaram-se em Paris, a capital francesa, contra o projeto do presidente Emmanuel Macron de criação de um certificado de vacinação para a Covid-19. 

Um protesto promovido pelo candidato de extrema-direita às presidenciais gaulesas. Florian Philippot pediu ao povo francês para acordar, erguer-se e "não se deixar insultar" por uma espécie de "lunático que está à frente do Estado", que fez "comentários sujos, que levam à divisão" e lembram o "apartheid, contra o seu próprio povo. Esta é uma estreia na história da República Francesa", afirmou Philippot.

Uma jovem manifestante afirmava estar ali para apoiar os seus amigos que não estão vacinados acrescentando que continuará esta luta até ao fim. "Vacinados ou não somos todos iguais", concluía.

Na Áustria, e como tem acontecido nos últimos sábados, dezenas de milhares de pessoas manifestam-se em Viena. Opõem-se à obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 que deverá entrar em vigor em fevereiro. A polícia da capital austríaca foi reforçada com mais de 1000 agentes de forças das outras províncias federais para evitar incidentes.