EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Justiça australiana liberta Novak Djokovic

Justiça australiana liberta Novak Djokovic
Direitos de autor Darko Vojinovic/Associated Press
Direitos de autor Darko Vojinovic/Associated Press
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O tenista Novak Djokovic, detido na Austrália, foi libertado, mas ainda não resolveu tudo com as autoridades e pode vir a ser deportado

PUBLICIDADE

A justiça australiana ordenou a libertação de Novak Djokovic.

O tenista sérvio manifestou imediatamente a sua satisfação, através de uma mensagem no Twitter:

"Estou satisfeito e grato por o juiz ter anulado o cancelamento do meu visto. Apesar de tudo o que aconteceu, quero ficar e tentar competir no Open da Austrália. Continuo concentrado nisso. Voei para aqui para jogar num dos eventos mais importantes que temos, perante fãs fantásticos''.

É uma batalha, mas a guerra não está ganha. O ministro da imigração pode ainda decidir deportá-lo por ser uma ameaça para saúde pública por não estar vacinado; ser do interesse público cancelar o seu visto.

Em Belgrado, a família Djokovic congratula-se com a decisão. A mãe de Novak diz que é a maior vitória da sua carreira.

O irmão Djordje afirma; O Novak está livre. Foi à Austrália, antes de mais para jogar ténis, para tentar ganhar outro Open da Austrália, e para bater outro recorde que persegue incansavelmente".

O governo recorreu da decisão do tribunal. Novak deixou o hotel de imigração onde esteve nas últimas quatro noites, nos media australianos aventa-se a hipótese de ter sido de novo detido, mas não há confirmação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

O reinado dos desportos com raquete no Catar, do ténis ao padel

Invasão de abelhas interrompeu quartos de final em Indian Wells

João Sousa despede-se do ténis profissional no Estoril Open