This content is not available in your region

Ladrões saqueiam comboios de mercadorias em Los Angeles

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Ladrões saqueiam comboios de mercadorias em Los Angeles
Direitos de autor  Shafkat Anowar/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

Em Los Angeles, dezenas de vagões de mercadorias são assaltados diariamente nos caminhos-de-ferro.

Os ladrões aproveitam as paragens dos comboios para saquear pacotes comprados online, deixando no meio dos carris milhares de caixas e produtos destruídos que nunca chegarão aos seus destinos.

Os roubos explodiram nos últimos meses atingindo muitas grandes empresas norte-americanas de venda por correspondência e de correio como a Amazon, Target, UPS e FedEx.

Os ladrões esperam até que os longos comboios de carga sejam imobilizados nos carris, e depois sobem para os contentores, quebram facilmente as fechaduras com alicates e servem-se. Por terra ficam os produtos difíceis de revender ou demasiado baratos tais como máscaras, kits de teste Covid-19, mobiliário ou medicamentos.

De acordo com o operador ferroviário Union Pacific (UP), em média mais de 90 contentores foram vandalizados todos os dias, no condado de Los Angeles, no último trimestre de 2021.

"Só em outubro de 2021, o aumento foi de 356 por cento em comparação com outubro de 2020", disse a UP numa carta às autoridades locais, a que a AFP teve acesso.

No documento lia-se que a explosão dos saques foi acompanhada por um aumento dos "assaltos e assaltos à mão armada de funcionários da UP no exercício das suas funções que movimentam comboios".

Para combater a tendência, a Union Pacific afirma ter reforçado as medidas de vigilância - incluindo drones e outros sistemas de deteção - e recrutado mais pessoal de segurança para os seus carris e comboios.

A polícia e os agentes de segurança prenderam mais de 100 pessoas nos últimos três meses de 2021 por "invasão e vandalização" dos comboios da Union Pacific.

"Quando os criminosos são apanhados e presos, as acusações são reduzidas a um delito ou delito menor, e a pessoa está de volta às ruas em menos de 24 horas após ter pago uma multa nominal", disse um porta-voz do operador ferroviário, acrescentando: "De facto, os criminosos gabam-se aos nossos agentes de que não há consequências".

A Union Pacific escreveu ao gabinete do procurador do condado de Los Angeles no final de dezembro, pedindo que seja reconsiderada a política de clemência introduzida no final de 2020 para tais ofensas.

O operador estima que os danos causados por tais roubos em 2021 ascenderam a cerca de 5 milhões de dólares.