This content is not available in your region

Otava bloqueada por protesto contra obrigação vacinal

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Otava bloqueada por protesto contra obrigação vacinal
Direitos de autor  AFP

Segundo dia consecutivo de manifestações contra as medidas sanitárias anti-Covid no Canadá, com bloqueios de autoestradas e do próprio centro da capital, Otava.

O movimento de contestação foi iniciado por camionistas, opostos à obrigação vacinal para atravessar a fronteira terrestre com os Estados Unidos. Os manifestantes prometem manter-se mobilizados.

Um camionista proveniente de Brampton, no Ontário, a curta distância da fronteira, explica que vão "ficar aqui até que a medida seja retirada". Acrescenta que o seu camião "não vai mover-se", diz-se disposto a "ficar aqui estacionado, durante meses" e afirma que está aqui em defesa da população canadiana.

À contestação juntaram-se milhares de pessoas que protestam, de uma forma mais geral, contra as restrições sanitárias decididas pelo governo de Justin Trudeau para lutar contra a pandemia de coronavírus no Canadá.

Na capital, a polícia abriu vários inquéritos ligados à profanação de monumentos nacionais e o primeiro-ministro foi transferido com a família para um lugar secreto, por medida de segurança.