This content is not available in your region

Protesto contra descarga de lixo tóxico do Montenegro

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
(screenshot)
(screenshot)   -   Direitos de autor  TVE

Nerva, no sudoeste de Espanha, quer pôr fim ao estatuto de "lixeira da Europa". 

Esta semana, começaram a chegar ao aterro da localidade espanhola 14.000 toneladas de lixo tóxico proveniente do Montenegro, uma ação autorizada pelo governo central e pelas autoridades da Andaluzia.

Apoiada por associações ambientalistas, a população local organizou um novo protesto para tentar bloquear a descarga e pedir o encerramento da lixeira de resíduos tóxicos, cuja instalação em Nerva, foi classificada pelo presidente da Câmara José Antonio Ayala como um "erro histórico".

José Luis Lozano, Plataforma pela Saúde e Dignidade de Nerva:"São 25 anos a aguentar esta injustiça, 25 anos em que os governos regional e central viraram as costas à população de Nerva."

Juan Romero, Ecologistas em Ação:"Queremos que a lixeira seja fechada definitivamente, com um plano para recolocar os seus trabalhadores."

O aterro de Nerva está localizado a apenas 700 metros de zonas residenciais e os opositores destacam que, entre os materiais aí descarregados, encontram-se substâncias classificadas como perigosas na Lista Europeia de Resíduos.