This content is not available in your region

Território português conta já com mais de 200 linces ibéricos

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa  com Lusa
euronews_icons_loading
Lince Ibérico (imagem de arquivo)
Lince Ibérico (imagem de arquivo)   -   Direitos de autor  NUNO VEIGA/ 2019 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

O processo de reintrodução do lince ibérico em Portugal está no bom caminho, segundo os números do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Sete anos depois do lançamento da iniciativa, existem hoje duas centenas de linces distribuídos entre o Alentejo e o Algarve e a monitorização realizada no Vale do Guadiana revela que, em 2021, nasceram 70 novas crias.

Uma das razões pelas quais está a resultar é porque há um trabalho dedicado das administrações portuguesa e espanhola, com um forte investimento, com capacitação, com pessoas, com trabalho com as populações locais - é muito importante dizer isto -, com parceiros como os caçadores, que muito nos ajudaram no terreno em Mértola, no trabalho de reintrodução.
Rodrigo Serra
diretor do Centro de Reprodução do Lince Ibérico

Segundo o Instituto, um dos aspetos mais relevantes do ano passado foi a consolidação da população de linces no território algarvio, onde existe ainda um grande potencial de expansão.

Ainda para o mês de fevereiro ou, o mais tardar, no início de março estão previstas novas largadas de linces nascidos no centro de reprodução de Silves.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Outras fontes • RTP / ICNF