Polónia reduz IVA e checos vão às compras do outro lado da fronteira

Polónia reduz IVA e checos vão às compras do outro lado da fronteira
Direitos de autor Czeh poland shopping spree
De  Fátima ValenteReuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A redução do IVA sobre os combustíveis e alimentos na Polónia levou os checos a atravessarem a fronteira para irem abastecer os carros e os carrinhos de compras

PUBLICIDADE

A lei das consequências não intencionais está novamente em vigor depois da Polónia ter reduzido o IVA para fazer face ao aumento da inflação. Com os preços dos combustíveis e dos alimentos reduzidos, centenas de checos atravessaram a fronteira para abastecer os carros e ir às compras. As mercadorias na Polónia são agora um terço mais baratas do que na Chéquia.

A medida foi justificada em Janeiro, pelo primeiro-ministro da Polónia, Mateusz Morawiecki, como uma forma de "deixar o máximo possível de dinheiro nas carteiras dos polacos".

A Polónia tem sido atingida pela crise energética na Europa, que começou no ano passado quando o levantamento das restrições à COVID-19 desencadeou uma elevada procura sobre as reservas esgotadas de gás natural.

O aumento dos preços dos combustíveis durante o Inverno contribuiu para o aumento do custo de vida na região.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Comprar em Espanha compensa

Preços baixos da Polónia atraem checos, alemães e eslovacos

Borrell afirma ter “a certeza” que Rússia vai tentar interferir nas eleições europeias