This content is not available in your region

Fim dos protestos no Canadá

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Fim dos protestos no Canadá
Direitos de autor  AFP

Os protestos em Otava contra as restrições da pandemia entraram já na sua terceira semana. No entanto, o presidente da câmara da capital canadiana declarou ter chegado a um acordo com os manifestantes afirmando que a situação deverá regressar à normalidade nas próximas 24 horas.

Entretanto, forças policiais canadianas desbloquearam este domingo a ponte Ambassador que liga o Canadá aos Estados Unidos, pondo fim a seis dias de protestos por parte de camionistas. O bloqueio interrompeu o trânsito na principal via de transporte rodoviário de produtos e bens do continente norte-americano, uma via que facilita cerca de 25% do comércio entre os dois países. Foram apreendidas pelo menos 25 pessoas.

Designados por “**Comboio da Liberdade**”, os protestos começaram como uma manifestação contra a vacinação da Covid-19, que é obrigatória para os trabalhadores que atravessam a fronteira entre os dois países, mas transformaram-se depois num protesto generalizado contra as restrições da pandemia, tendo assumido um forte sentimento anti-governamental com repercussões a nível internacional.