EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Fortes chuvas provocam dezenas de mortes no Brasil

Familiares abraçam-se, após um fatal deslizamento de terras em Petrópolis, Brasil
Familiares abraçam-se, após um fatal deslizamento de terras em Petrópolis, Brasil Direitos de autor Silvia Izquierdo/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Silvia Izquierdo/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews com AFP
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A destruição causada pela elevada precipitação a norte do Rio de Janeiro, levou a Prefeitura de Petrópolis a decretar estado de calamidade pública no município brasileiro.

PUBLICIDADE

Pelo menos 34 pessoas perderam a vida, em **Petrópolis, **na sequência das fortes chuvas que, esta terça-feira, assolaram a cidade brasileira a norte do Rio de Janeiro.

En menos de seis horas, a precipitação no local atingiu os 260 milímetros cúbicos, um volume superior ao esperado para todo o mês de fevereiro, de acordo com a agência meteorológica MetSul. 

Silvia Izquierdo/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Equipas de busca e salvamento e habitantes locais procuram por sobreviventes em Petrópolis, BrasilSilvia Izquierdo/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

A Defesa Civil Municipal registou a ocorrência de vários deslizamentos de terras e inundações. Para atender as vítimas, os meios hospitalares foram reforçados.

Com várias casas e veículos destruídos, além de vias bloqueadas, a Prefeitura de Petrópolis declarou o estado de calamidade pública na região.

Em visita oficial a Moscovo, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro disse já ter tomado conhecimento da situação.

Presidente Jair Bolsonaro revela estar a acompanhar de perto a situação em Petrópolis, apesar de se encontrar em Moscovo, Rússia.

Através do Twitter, o chefe de Estado comunicou estar a tomar as diligências necessárias para apoiar a região. Bolsonaro reúne-se, esta quarta-feira, com o presidente russo Vladimir Putin, e segue, amanhã, para a Hungria, onde se vai encontrar com o presidente Viktor Orbán.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Petrópolis limpa rasto de destruição sob novas ameaças de temporal

Petrópolis busca por sobreviventes "24 horas" por dia

Cheias no Brasil fazem 34 mil desalojados e vítimas mortais estão a subir