This content is not available in your region

Camionistas detidos em Otava

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Camionistas detidos em Otava
Direitos de autor  Justin Tang/AP

A polícia de Otava começou, esta sexta-feira, a prender os camionistas que há mais de três semanas ocupam as ruas da capital do Canadá em protesto contra as restrições adotadas pelo Executivo de Justin Trudeau para combater a pandemia causada pelo novo coronavírus.

As detenções ocorrem dias depois de o Governo federal ter invocado a Lei de Emergências para reprimir as manifestações.

Centenas de camionistas, da designada Coluna da Liberdade, permaneceram nas posições e tocaram as buzinas, desafiando as autoridades.

De acordo com a polícia local, a maioria dos detidos rendeu-se sem resistência.

Os veículos com agentes começaram a chegar logo pela manhã às proximidades do Parlamento e foram colocadas várias barreiras em torno de edifícios governamentais.

O centro da capital canadiana foi selado pelas autoridades de modo a evitar que mais pessoas se juntassem aos contestatários.

Na tarde de quinta-feira, dois dos principais líderes do movimento foram algemados e detidos pelas autoridades.