Conflito entre Rússia e Ucrânia ameaça final da Liga dos Campeões

Conflito entre Rússia e Ucrânia ameaça final da Liga dos Campeões no Estádio Krestovsky
Conflito entre Rússia e Ucrânia ameaça final da Liga dos Campeões no Estádio Krestovsky Direitos de autor OLGA MALTSEVA/AFP
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Jogo mais importante do futebol europeu está agendado para 28 de maio em São Petersburgo

PUBLICIDADE

O Estádio Krestovsky, em São Petersburgo, foi o escolhido pela UEFA para acolher a final da Liga dos Campeões a 28 de maio mas face à escalada do conflito entre Rússia e Ucrânia, é cada vez mais provável que o jogo mais importante do futebol europeu venha a mudar de palco pelo terceiro ano consecutivo.

Depois de duas mudanças provocadas pela pandemia de covid-19, desta vez é a geopolítica a intrometer-se no mundo do desporto rei. O organismo que tutela o futebol europeu admitiu em comunicado estar a "monitorizar a situação" e acrescentou que, "de momento, não existiam planos para mudar o local da final", mas a pressão aumenta e o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, já veio defender a retirada da final à Rússia.

Para complicar a situação, quer o estádio quer a UEFA têm a Gazprom, gigante do setor da energia controlado pelo estado russo, como um dos principais patrocinadores.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Super League contra UEFA: o que se segue?

Ucrânia responde à UEFA com boicote às provas juvenis

105 adeptos de futebol em prisão preventiva pela morte de um jovem grego