This content is not available in your region

Em Espanha, população revolta-se contra agricultura intensiva e suinicultura industrial

Access to the comments Comentários
De  Monica Pinna
euronews_icons_loading
Witness
Witness   -   Direitos de autor  euronews

Em Zamora, a população está revoltada devido à contaminação das águas causada pela agricultura intensiva e pela criação industrial de porcos.

Cerca de metade dos rios, lagos e águas costeiras da Europa contém substâncias perigosas. A água da torneira de Zamora, em Espanha, contém, sistematicamente, excesso de nitratos.

Encontrei Emilia Román, uma mulher de Zamora, que, no ano passado percorreu a região para medir a quantidade de nitratos na água potável e nas fontes de águas subterrâneas. Emilia Róman faz parte da rede de residentes criada pela Greenpeace para monitorizar a qualidade da água nas zonas rurais de Espanha. A organização ambientalista forneceu à população um metro de nitratos, um pequeno aparelho que permite medir a quantidade de nitratos na água.

"Usamos esta pequena ferramenta para fazer três medições. Colocamos a água da torneira aqui e depois lê-se o resultado", explicou Emilia Román, coordenadora provincial da associação de residentes Pueblos Vivos.

A população está preocupada porque níveis elevados de nitratos podem aumentar o risco de aborto, malformações e cancro, quando combinados com outras substâncias.

"A causa da contaminação da água é muito clara. É a agricultura intensiva e as pessoas que estão a despejar resíduos das suiniculturas nos campos. Os nitratos provenientes do estrume infiltram-se nas águas subterrâneas e poluem as águas profundas", explicou Sonsoles, residente local.

As mega suiniculturas tornaram-se no inimigo nº 1 das zonas rurais

Em Espanha, a contaminação da água nas zonas rurais tornou-se num escândalo nacional. Os habitantes acusam as autoridades de não fazer nada e protestam quase semanalmente contra a produção industrial de carne de porco.

"O problema das mega-suiniculturas é que nos estão a invadir. Há 600 mil porcos em Zamora. É insuportável. É uma indústria insustentável", considerou Luís de Nicolás Latorre, porta-voz da associação de moradores Tierra de Alba.

Nalgumas zonas de Espanha há mais porcos do que pessoas

A região de Castilla y León é uma das maiores da Europa ao nível da criação de porcos. Espanha é o maior exportador de carne de porco da Europa. Nalgumas zonas, o número de porcos é superior ao número de pessoas. Nenhum agricultor quis falar com a euronews.

clique no vídeo para ver a reportagem na íntegra