This content is not available in your region

Primeiros deslocados chegam à Polónia e Hungria

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Primeiros deslocados chegam à Polónia e Hungria
Direitos de autor  Czarek Sokolowski/ Associated Press

Já estão na Polónia, país membro da União Europeia, os primeiros refugiados ucranianos que deixaram o país por via terrestre, de carro ou nos caminhos-de-ferro. Um comboio com origem na cidade ucraniana de Kharkiv, no leste do país, perto da fronteira russa, chegou a Przemysl, na Polónia, com várias centenas de refugiados a bordo.

"Tivemos muita sorte em conseguir sair da Ucrânia no penúltimo comboio a vir para aqui. Passámos as últimas 16 horas a apostar toda a nossa sorte em chegar aqui. Nós e muitos dos nossos amigos vamos conseguir o estatuto de refugiados, mas nós temos a vantagem de ter o nosso alojamento planeado com antecedência. Estamos contentes por ter amigos aqui na Polónia prontos a ajudar o nosso povo", diz Alexander, ucraniano de Kiev.

Tivemos muita sorte em conseguir sair da Ucrânia.
Alexander
Refugiado ucraniano

Nos portas-bagagens dos carros, colocaram todos os pertences que puderam entrar e enfrentaram filas por vezes gigantescas para conseguir chegar às várias fronteiras do país, como algumas famílias que escolheram a Hungria.

Também nas cidades ainda controladas pelo governo de Kiev mas vizinhas das autoproclamadas repúblicas independentistas de Luhansk e Donetsk, no leste do país, como foi o caso em Kramatorsk, as estações ferroviárias encheram-se de pessoas em fuga para o estrangeiro ou para zonas da Ucrânia consideradas mais seguras. Estima-se que esta guerra possa vir a fazer vários milhões de deslocados.