This content is not available in your region

Guerra na Ucrânia: mais de meio milhão de pessoas abandonaram já o país

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Guerra na Ucrânia: mais de meio milhão de pessoas abandonaram já o país
Direitos de autor  Andreea Alexandru/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

Com esperança de estarem ainda a tempo de partir, os ucranianos acedem em massa a uma estação de comboios de Kiev, perante o avanço das tropas russas em direção à capital da Ucrânia.

Vamos embora hoje pois estamos com muito medo de ser mortos pelas tropas russas. Temos receio de sermos bombardeados na nossa casa ou mesmo numa estação de metro. Queremos partir pela nossa própria vida.
Alexandra Slobitskiy, residente em Kiev formada em Medicina Dentária
Euronews
Victoria, residente em KievEuronews
Levamos connosco as crianças, os nossos gatos, e esperamos encontrar um lugar seguro para eles.
Victoria, residente em Kiev

Segundo as Nações Unidas, mais de meio milhão de pessoas - na sua maioria mulheres, crianças e idosos - deixaram já a Ucrânia em direção aos países vizinhos.

Estivémos dois dias na fronteira, com as crianças. A fila de carros era enorme. Mas estavam lá voluntários, que nos deram chá e comida.
Alina Grinuik, refugiada ucraniana de Kakhovca

Na Roménia, a comissária europeia para os Assuntos Internos Ylva Johansson visitou uma fronteira onde estão a ser acolhidos milhares de refugiados. "Como comissária para os Assuntos Internos, a minha responsabilidade é garantir que as pessoas que alcançam uma fronteira da União Europeia sejam acolhidas da melhor maneira," afirmou.

Longas filas de carros sobrecarregam o controlo das fronteiras da Polónia, Hungria, Eslováquia, Roménia, bem como da Moldávia, que não pertence à União Europeia. Outros refugiados atravessam também as fronteiras a pé, em busca de segurança.