This content is not available in your region

Subida dos preços na Albânia provoca protestos nas ruas

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Subida dos preços na Albânia provoca protestos nas ruas
Direitos de autor  Hektor Pustina/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved

A subida dos preços na Albânia levou milhares de albaneses às ruas. Na semana passada, o preço dos combustíveis aumentou 50% repentinamente e o custo de todos os produtos alimentares também subiu significativamente. Os manifestantes acusam o governo de lucrar com esta subida.

Centenas de pessoas reuniram-se na capital, Tirana, em frente ao principal edifício do governo, bloqueando as ruas principais. Tiveram lugar alguns tumultos e as autoridades prenderam manifestantes durante o protesto.

As manifestações multiplicaram-se também noutras cidades do país. O povo queixa-se e o governo, na voz do Primeiro-Ministro, Edi Rama, justifica-se com o argumento da guerra na Ucrânia.

Numa publicação no Facebook enquanto decorria o protesto, Rama afirmou que o governo não aumentou o custo da eletricidade, e que já está a subsidiar 80% das faturas da luz das famílias e das pequenas empresas.

A população descontente mobiliza-se nas redes sociais (Facebook) e convoca um protesto a nível nacional para este sábado.