This content is not available in your region

Volodymyr Zelenskyy pede ao mundo que saia para a rua pela Ucrânia

Access to the comments Comentários
De  Bruno Sousa
euronews_icons_loading
Volodymyr Zelenskyy pede ao mundo que saia para a rua pela Ucrânia
Direitos de autor  Ukrainian Presidential Press Office via AP

Volodymyr Zelenskyy deposita as esperanças no fim da guerra nas cimeiras do Conselho Europeu, G7 e NATO desta quinta-feira, que para o líder ucraniano irão "mostrar quem é amigo, quem é parceiro e quem traiu a Ucrânia por dinheiro".

Zelenskyy lamentou que os modernos sistemas de defesa prometidos a ocidente ainda não tivessem aparecido e pediu ao mundo para mostrar de que lado estava.

O Presidente da Ucrânia apelou à mobilização popular, pedindo às pessoas para saírem para a rua esta quinta-feira, dia em que a invasão russa completa um mês, usando símbolos ucranianos e fazendo ouvir a sua voz em nome da paz, da liberdade e da vida.

O apoio à Ucrânia surgiu também de Nova Iorque, onde o Conselho de Segurança da ONU chumbou uma resolução apresentada pela Rússia que alertava para a crise humanitária na Ucrânia mas que omitia a sua responsabilidade no conflito.

O embaixador russo acusou a assembleia de colocar a política à frente da situação humanitária, a embaixadora norte-americana respondeu que se os russos estivessem efetivamente preocupados com isso, paravam a guerra.