This content is not available in your region

EUA e UE anunciam acordo para reduzir dependência de energia russa

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
EUA e UE anunciam acordo para reduzir dependência de energia russa
Direitos de autor  Evan Vucci/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

Estados Unidos e União Europeia anunciaram uma nova parceria para reduzir a dependência da Europa das energias fósseis provenientes da Rússia.

Em Bruxelas, o presidente norte-americano afirmou que Vladimir Putin usa a energia para "coagir e manipular os vizinhos" e recorre aos lucros para financiar a "máquina de guerra".

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos:"Os Estados Unidos felicitam a poderosa declaração feita pela União Europeia no início do mês, comprometendo-se com a rápida redução da dependência do gás russo. Hoje assinámos um plano conjunto para esse fim, acelerando ao mesmo tempo o progresso para um futuro energético limpo."

Biden comprometeu-se a reforçar os fornecimentos de gás natural liquefeito à Europa em 15 mil milhões de metros cúbicos ainda este ano.

Ursula Von der Leyen, presidente da Comissão Europeia:"Como sabem, pretendemos reduzir a dependência dos combustíveis fósseis russos e mesmo livrar-nos dela. E isso só pode ser conseguido por esta via, com o investimento em renováveis, mas também com fornecimentos adicionais de gás, incluindo gás natural liquefeito. Por isso queremos, como europeus, diversificar-nos para longe da Rússia e na direção de fornecedores nos quais confiamos, que são nossos amigos e fiáveis."

Biden e Von der Leyen anunciaram também um novo acordo para a transferência de dados pessoas entre o bloco comunitário e os Estados Unidos.