This content is not available in your region

Papa Francisco considera visitar Kiev

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Papa Francisco em Malta
Papa Francisco em Malta   -   Direitos de autor  Rene Rossignaud/AP

O Papa Francisco considera fazer uma visita a Kiev. Fez este anúncio durante uma viagem a Malta para discutir a situação dos migrantes - uma deslocação planeada há dois anos mas que tinha sido adiada devido à Covid-19.

O pontífice respondeu à pergunta de um jornalista dizendo que a possibilidade de uma viagem à capital ucraniana está em cima da mesa. Neste viagem a Malta também condenou amplamente a invasão russa da Ucrânia. Sem mencionar nomes diretamente, o Papa Francisco referiu-se a alguém poderoso que ameaçou o mundo com uma guerra nuclear. Denunciando ainda aquilo que considera serem "interesses nacionalistas".

Numa declaração o Papa disse pensar que: "as invasões a outros países (...) ou as ameaças atómicas pertenciam às memórias sinistras de um passado distante". Até ao momento foram estas as palavras mais diretas do Papa Francisco sobre a guerra na Ucrânia. Ao lado do Presidente de Malta, George Vella, não deixou de falar do tema da imigração, apelando à solidariedade no Mediterrâneo.