This content is not available in your region

Francisco de cadeira de rodas e sob críticas da Rússia

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Papa entra na sala Paulo VI de cadeira de rodas
Papa entra na sala Paulo VI de cadeira de rodas   -   Direitos de autor  AP Photo/Alessandra Tarantino

O Papa Francisco apareceu pela primeira vez, em público, de cadeira de rodas. Na Assembleia plenária da União Internacional dos Superiores Gerais, o Sumo Pontífice foi levado até ao palco por um assistente.

Com 85 anos, Francisco tem problemas na anca e dores intensas no joelho direito, que têm vindo a agravar-se. Nos últimos dias, os médicos optaram por uma infiltração no joelho o que implica repouso para recuperar a articulação.

Apesar dos problemas de mobilidade, o Papa mostrou-se disponível para ir a Moscovo falar com Vladimir Putin para tentar colocar fim à guerra na Ucrânia.

No entanto, segundo a agência russa TASS, o Kremlin fez saber que não há ainda acordo sobre um possível encontro entre o líder da Igreja Católica e o presidente russo.

Da Rússia chegaram também críticas. A Igreja Ortodoxa russa repreendeu o Papa Francisco por, numa entrevista a um jornal italiano, ter pedido ao patriarca Kirill, que não se transforme num acólito do Kremlin.

O patriarca alertou o Vaticano que os comentários de Francisco podem prejudicar o diálogo entre as duas Igrejas.