This content is not available in your region

Cultivo da papoila do ópio proibido no Afeganistão

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Cultivo da papoila do ópio
Cultivo da papoila do ópio   -   Direitos de autor  AP Photo/Abdul Khaliq

Desde que subiram ao poder no Afeganistão, os Talibãs têm vindo a fazer a sua lei. Anunciaram agora uma nova medida que proíbe o cultivo da papoila do ópio, a planta utilizada para a produção de drogas como a heroína.

Foi adotada uma lei semelhante nos anos 90, quando os talibãs estavam no poder em Cabul, mas que não foi realmente implementada. No Afeganistão, o cultivo deste tipo de papoila é um meio de subsistência essencial para muitas famílias de agricultores. No entanto, são os traficantes que realmente ganham dinheiro com a revenda do ópio.

De acordo com os agricultores, os produtores ficam com apenas um quarto do preço final, uma soma que por vezes não é suficiente para pagar as dívidas contraídas na compra das sementes no início da época. Segundo os números das Nações Unidas, a tendência nos últimos anos tem sido um aumento da áreas cultivadas. Em 2016, uma campanha de erradicação não teve sucesso. Foi levada a cabo em sete das 12 províncias do país, erradicou culturas em apenas 355 hectares.