This content is not available in your region

Praça de Alimentação dá origem a Centro Humanitário em Odessa

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Centro Humanitário de Odessa
Centro Humanitário de Odessa   -   Direitos de autor  euronews

O inesperado início da guerra na Ucrânia obrigou a uma reação rápida da ajuda humanitária. Em Odessa, o que antes era uma praça da alimentação, num instante se transformou no centro de apoio a militares, para deslocados e para refugiados.

Mais de 300 voluntários também foram obrigados a mudar de vida. Nikolay Viknianskiy foi um deles e partilhou com a Euronews a história que o levou a tornar-se diretor do Centro Humanitário de Odessa:

"Na minha vida civil era homem de negócios e o meu negócio era a distribuição, por isso foi fácil para mim perceber as necessidades reais da população.

Pediam-me coisas, por isso trouxe para aqui a minha equipa. Organizámos tudo, nos primeiros dias tivemos ajuda dos cidadãos de Odessa. Publicámos nas redes sociais tudo aquilo que precisávamos e as pessoas trouxeram. Depois organizámos um sistema de angariação de fundos e conseguimos comprar muitas coisas.

Enviámos uma série de cartas a organizações e missões humanitárias no mundo inteiro. Ajudámos uma série de pessoas de Mariupol, agora infelizmente não conseguem sair da cidade. Estamos à espera para os poder ajudar novamente.

Também apoiamos muitas pessoas de Kherson, ontem recebemos cerca de 500 pessoas de lá e também algumas de Mykolaiv. Muitas têm intenções de ficar aqui, mas insisto para que não se instalem de forma permanente porque ninguém sabe o futuro em Odessa.

Talvez um dia também tenhamos aqui combates em grande escala, por isso pedimos para circularem e pensarem no próximo destino. Recomendamos a parte ocidental do país, mas também Moldávia e Roménia. Ajudamo-los com os transportes e com tudo.

Para o futuro espero uma vitória gloriosa, nada mais."