This content is not available in your region

Prédio residencial atingido por míssil russo em Odessa

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
AFP
AFP   -   Direitos de autor  AFP

Um prédio residencial em Odessa foi atingido por um míssil russo esta segunda-feira. De acordo com as autoridades ucranianas, um jovem de 15 anos e uma criança perderam a vida no ataque.

O ataque aconteceu durante a noite de segunda-feira. Haverá mais vítimas mortais nos destroços, ainda não confirmadas.

O aeroporto de Odessa também foi atacado. Moscovo diz ter lançado mísseis de alta precisão para destruir um armazém de armas do exército ucraniano que terão sido oferecidas pelos EUA e por países europeus.

O leste da Ucrânia continua a ser o principal alvo da Rússia. Foi divulgado um vídeo de uma escola centenária em Luhansk em chamas depois de bombardeada pelas tropas de Putin.

Para os EUA, a Rússia tem um objetivo primordial: anexar as regiões de Donetsk e de Luhansk. Michael Carpenter, Embaixador dos EUA na Organização para Segurança e Cooperação na Europa, diz que os últimos relatórios "afirmam que a Rússia planeia referendos sobre a adesão em meados de maio.".

Na capital ucraniana, os moradores começam a reconstruir as zonas afetadas pelos ataques. As equipas municipais de emergência e voluntários passam horas a tentar restaurar os serviços básicos, como eletricidade, água e gás.

Também em Kiev, a Dinamarca decidiu reabrir a embaixada na capital ucraniana. A Suécia deverá seguir o mesmo caminho esta semana, numa tentativa de regresso à normalidade.