União Europeia proíbe importação de carvão russo

Novas sanções vinculam todos os Estados-membros da UE
Novas sanções vinculam todos os Estados-membros da UE Direitos de autor Martin Meissner/AP
Direitos de autor Martin Meissner/AP
De  Euronews com EFE
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Bruxelas aprova o quinto pacote de sanções à Rússia

PUBLICIDADE

A União Europeia (UE) deu esta quinta-feira luz verde ao quinto pacote de sanções contra a Rússia pela invasão da Ucrânia. Medidas que, pela primeira vez, afetam o sector energético com a proibição das importações de carvão russo e inclui também um embargo de armas contra a Rússia e a proibição das exportações de alta tecnologia para o país.

As novas medidas incluem também novas sanções contra "oligarcas, agentes de propaganda russos, membros do aparelho de segurança e militar e entidades do sector industrial e tecnológico ligadas à agressão russa contra a Ucrânia", anunciou no Twitter a presidência rotativa francesa do Conselho da UE.

As medidas foram propostas na quarta-feira pela Comissão Europeia e adoptadas pelos embaixadores dos Estados-membros na UE após dois dias de debate.

Os países do G7 também anunciaram novas sanções económicas e financeiras contra a Rússia, incluindo a proibição de todos os novos investimentos em indústrias-chave da economia russa, incluindo a energia. O G7 anuncia igualmente "sanções adicionais contra o setor de defesa russo" e contra "elites" que apoiam a guerra de Vladimir Putin contra a Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Ucrânia lança apelo ao parlamento grego

Moscovo e Kiev acordam trocar 48 crianças deslocadas pela guerra

Detido vice-ministro russo acusado de ter recebido subornos na reconstrução de Mariupol