EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Tropas russas estão a caminho da região de Donbass

AP
AP Direitos de autor Vadim Ghirda/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Vadim Ghirda/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  euronews com Lusa, AP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Governo ucraniano revelou imagens de satélite de uma caravana de veículos militares russos a caminho do leste da Ucrânia

PUBLICIDADE

Uma caravana de veículos militares russos, com uma extensão de 13 quilómetros, está a dirigir-se para a região de Donbass, no leste da Ucrânia, de acordo com imagens de satélite reveladas pelo governo ucraniano. 

Foram partilhadas esta sexta-feira imagens de satélite Maxar que mostram uma caravana militar a ir para sul, Donbass, através da cidade ucraniana de Velykyi Burluk.

Perante a ameaça, na cidade de Kramatorsk, no leste da Ucrânia, fazem-se as malas para a partida. Um dia depois de um míssil atingir a estação de comboios da cidade, o caminho escolhido para a viagem é a estrada. A Cruz Vermelha fala de "medo e de desespero" nas pessoas. 

Pascal Hundt, chefe da delegação do Comité Internacional da Cruz Vermelha na Ucrânia, diz que "as pessoas estão com ainda mais com medo e desespero", e que "não se atrevem a apanhar o comboio", depois do ataque deste sábado, e acabam por partir de carro. 

Mais de seis semanas após o início da invasão, a Rússia retirou as suas tropas da parte norte da Ucrânia, em torno de Kiev, e voltou a concentrá-las no leste do país.

O assessor da Presidência ucraniana Mykhailo Podoliak disse que a Ucrânia está preparada para travar uma "grande batalha" no leste do país, um alvo que considera prioritário para a Rússia e onde a retirada de civis continua, com receio de uma ofensiva iminente.

O Estado-Maior do exército ucraniano disse no sábado que "o inimigo russo continua a preparar-se para intensificar as suas operações ofensivas no leste da Ucrânia e assumir o controle total das regiões de Donetsk e Lugansk", em Donbass.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Boris Johnson faz visita-surpresa a Zelenskyy e promete mais apoio à Ucrânia

Ucrânia sofre à medida que vai descobrindo a dura realidade deixada pelos russos

Soldados ucranianos na linha da frente: quando não há vida além da guerra