Dinastias Sharif e Bhutto voltam ao poder no Paquistão

Novo governo do Paquistão tem figuras de anteriores executivos
Novo governo do Paquistão tem figuras de anteriores executivos Direitos de autor Press Information Department via AP
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Novo governo é composto pelos dois partidos responsáveis pelo derrube do executivo de Imran Khan.

PUBLICIDADE

O Paquistão já tem um novo governo. O primeiro-ministro designado Shehbaz Sharif apresentou esta terça-feira os nomes que vão compor o novo executivo. Sem grandes surpresas, o governo é formado por figuras dos dois partidos que aprovaram, há pouco mais de uma semana, a moção de censura que derrubou o anterior executivo, liderado por Imran Khan - a Liga Muçulmana e o Partido Popular do Paquistão, partidos dominados pelas dinastias Sharif e Bhutto, que governaram no país durante uma grande parte dos últimos 30 anos. 

Aos 33 anos, Bilawal Zardari Bhutto, filho do antigo presidente Asif Ali Zardari e da antiga primeira-ministra Benazir Bhutto (assassinada em 2007), torna-se ministro dos Negócios Estrangeiros, um dos mais jovens no mundo a desempenhar o cargo. O governo conta ainda com vários nomes de anteriores governos, quatro deles - incluindo o próprio primeiro-ministro - estão a ser investigados pela justiça.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Regresso forçado de milhares de afegãos satura fronteira com o Paquistão

Mais de 165 mil afegãos obrigados a abandonar o Paquistão

Dezenas de mortos em alegados atentados suicidas no Paquistão