This content is not available in your region

Madrugada voltam aos palcos com "Chimes at Midnight"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Banda norueguesa Madrugada
Banda norueguesa Madrugada   -   Direitos de autor  Καλλιμάρμαρο

Catorze anos depois, os Madrugada voltam aos álbuns. "Chimes at Midnight", saiu no início do ano e marca o regresso do grupo norueguês de rock aos estúdios com a fórmula a que já habituaram o público.

Numa passagem por Atenas, onde vão tocar em setembro, os músicos revelam um pouco do que se pode esperar das novas canções.

O vocalista Sivert Høyem conta que se trata de "um típico álbum de Madrugada. É grandioso e belo e tem uma espécie de grande vibração emocional".

A sonoridade desejada foi encontrada a muitos quilómetros de distância da terra natal da banda.

"Fomos para Los Angeles, para um estúdio realmente icónico, o Sunset So und Studio. Gravámos em cerca de 10 dias. Foi feito à moda antiga. Gravámos em cassete e tudo", acrescenta Frode Jacobsen, o baixista da banda .

Após dois anos parados pela pandemia de covid-19, em fevereiro, os músicos noruegueses voltaram aos palcos e ao contacto com os fãs.

"Ao voltarmos agora, apreciamos realmente o público, apreciamos realmente o que estamos a tocar para as pessoas. Por isso, voltar tem sido espantoso para nós. A digressão na Europa foi realmente agradável para nós. Afinal de contas, há muitas pessoas a vir aos nossos espectáculos. A maioria está esgotada. Por isso, foi fantástico. Acho que gostamos e apreciamos isto ainda mais, agora", confessa o percursionista, Jon Lauvland Pettersen.

"Chimes at Midnight" não tem para já paragem prevista em Portugal, mas a banda conta com uma mini-digressão para aquecer o outono na Europa.