EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Europa comemora Dia da Vitória na Segunda Guerra Mundial

Emmanuel Macron, presidente da França
Emmanuel Macron, presidente da França Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Europa comemorou este 8 de maio o Dia da Vitória na Segunda Guerra Mundial; a Rússia realiza a 9 de maio o tradicional desfile militar, em Moscovo

PUBLICIDADE

Emmanuel Macron comemorou, em Paris, o 77º aniversário da vitória dos Aliados sobre a Alemanha nazi, a 8 de maio de 1945. Uma cerimónia especial no contexto da guerra na Ucrânia e na véspera do tradicional desfile militar russo em Moscovo.

O presidente francês deixou a seguinte mensagem na rede social Twitter: "77 anos depois, não esqueçamos os nossos heróis, que lutaram para acabar com a guerra na Europa. Fiquemos unidos, enquanto europeus, e trabalhemos para que o nosso continente reencontre a paz".

Também este domingo, a presidente do parlamento alemão, Bärbel Bas, esteve em Kiev, onde se encontrou com o presidente Zelenskyy e assistiu a um evento evocativo do aniversário do fim da Segunda Guerra Mundial.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, acusou a Rússia de implementar "uma reconstrução sangrenta do nazismo".

Zelensky convidou o chanceler alemão, Olaf Scholz, a visitar Kiev no dia 9 de maio, o dia em que a Rússia celebra a vitória. 

Na Rússia, a apresentadora do jornal do canal "Rossiya 24" (RU24) relatou que Vladimir Putin felicitou os líderes das autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Luhansk, bem como o povo da Ucrânia pelo 77º aniversário da Vitória na Grande Guerra Patriótica.

O líder russo observou que, nas suas palavras, "os nossos militares, tal como os seus antepassados, lutam juntos para libertar o seu solo da imundície nazi", e expressou a sua certeza de que "a vitória será nossa, tal como em 1945". Vladimir Putin sublinhou que "hoje o dever comum é evitar a propagação do nazismo", disse a apresentadora.

A Rússia realizou no sábado o ensaio geral para o desfile anual que assinala a vitória soviética na Segunda Guerra Mundial.

Esta segunda-feira, milhares de soldados tanques, veículos blindados e lançadores de mísseis vão desfilar na Praça Vermelha, em Moscovo, um desfile que decorre em pleno ataque contra o território e a população da Ucrânia.

Numa mensagem no Twitter, o ministro da Defesa de França, Jean-Yves le Drian, escreveu: "Comemoramos hoje o fim da Segunda Guerra Mundial na Europa e a vitória dos combatentes aliados sobre a Alemanha nazi. Não esquecemos os soldados de toda a ex-URSS, incluindo ucranianos e russos, que contribuíram para esta vitória".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França procura corpos de soldados alemães executados pela Resistência francesa

Dia D: Veterano de guerra vê invasão da Ucrânia sem esperança na paz

Cerimónias do "Dia D" regressam três anos depois