This content is not available in your region

Mais de 43 anos de prisão no veredito do incêndio na discoteca Colectiv

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Vigília em memória das vítimas do incêndio na discoteca Colectiv (arquivo)
Vigília em memória das vítimas do incêndio na discoteca Colectiv (arquivo)   -   Direitos de autor  ANDREI PUNGOVSCHI/AFP or licensors

Seis anos e meio depois de um dos mais mortíferos incêndios da história da Roménia, é finalmente conhecido o veredito.

Um tribunal de Bucareste decretou esta quinta-feira penas que totalizam mais de 43 anos de prisão para os seis responsáveis políticos e técnicos do incêndio de 30 de outubro de 2015 na discoteca Colectiv, na capital romena, que resultou em 65 vítimas mortais e uma centena e meia de feridos.

A tragédia levantou o véu sobre as deficiências generalizadas nos protocolos e padrões de segurança de uma grande parte dos bares e discotecas do país, bem como graves carências no sistema de saúde público, que custaram a vida a alguns dos feridos, o que provocou uma vaga de protestos que acabaria por derrubar o governo social-democrata.

O incêndio na discoteca também inspirou o documentário "Collective", focado na corrupção endémica no Estado-membro da União Europeia, que conquistou vários galardões.