EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Cadáveres acumulam-se na Ucrânia

Soldados ucranianos transportam o cadáver de um soldado russo
Soldados ucranianos transportam o cadáver de um soldado russo Direitos de autor AP Photo/Efrem Lukatsky
Direitos de autor AP Photo/Efrem Lukatsky
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades ucranianas guardam centenas de corpos de soldados russos em vagões frigoríficos e aguardam que Moscovo os reclame

PUBLICIDADE

Cerca de 27.000 soldados russos terão morrido na Ucrânia desde o início da guerra, segundo os dados divulgados pelas autoridades de Kiev.

Por todo o país, acumulam-se cadáveres não reclamados pelo regime de Vladimir Putin.

O exército ucraniano vai armazenado os corpos em vagões refrigerados onde ficam a aguardar até que possam regressar à Rússia.

De acordo com o coronel ucraniano Volodymyr Lyamzin, "várias centenas de corpos de ocupantes (russos) são mantidos aqui. Existem vários comboios deste tipo no território da Ucrânia. Serão mantidos aqui até que seja tomada uma decisão a nível interestatal no sentido de transferir estes cadáveres. O lado ucraniano está pronto a entregá-los amanhã ou mesmo hoje. No entanto, não houve até agora quaisquer apelos do lado russo para receber estes corpos".

O Kremlin tem-se recusado a divulgar o número de baixas de militares russos na Ucrânia. O último balanço oficial, de março, confirma a morte de 1350.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy convida soldados russos a voltar a casa. Moscovo acusa Ucrânia de deter armas biológicas

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

Ataque russo com mísseis faz seis mortos em subúrbio de Kharkiv