This content is not available in your region

Scholz derrotado nas regionais da Renânia do Norte-Vestfália

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Olaf Scholz
Olaf Scholz   -   Direitos de autor  Luca Bruno/AP

Cartão amarelo para os social-democratas e Olaf Scholz na Alemanha. Nas eleições regionais para a Renânia do Norte-Vetsfália, os conservadores levaram a melhor. As projeções avançadas pela televisão pública dão uma ligeira subida para a CDU, com 35,7% dos votos, e uma descida para o SPD, com 26,7%.

Hendrik Wüst, actual presidente da secção regional da CDU, já veio dizer que os democratas cristãos saem reforçados e com um mandato "para formar governo".

A eleição na Renânia do Norte-Vestefália deste domingo era vista como um teste importante para Scholz. O governo que lidera desde dezembro passado tem sido criticado pelo aumento do custo de vida e resposta à guerra na Ucrânia.

O líder regional do SPD já veio admitir que o resultado "não corresponde às expectativas". Thomas Kutschaty sublinha que o objetivo era reforçar o partido na região e não aumentar a distância para ois democratas cristãos. O SPD canta no entanto uma vitória: a queda dos liberais impedindo a repetição da anterior coligação de governo.

Uma solução de maioria terá de incluir desta vez os sociais democartas ou os verdes que se consolidam como terceira força política rtambém a nível regional. Tiveram 18,2% dos votos - mais do dobro do que alcançaram na eleição anterior e um recorde para o partido na região.