Ex-polícia declara-se culpado e cúmplice na morte de George Floyd

Protestos em Mineapolis após a morte de George Floyd
Protestos em Mineapolis após a morte de George Floyd Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ex-agente da polícia norte-americana, Thomas Lanes, declarou-se culpado e cúmplice do assassinato de George Floyd, em maio de 2020

PUBLICIDADE

Thomas Lanes, um dos quatro ex-agentes da polícia norte-americana que estão a ser julgados pelo assassinato de George Floyd, declarou-se culpado e cúmplice de homicídio involuntário

Há mais três antigos agentes a serem julgados, sem sentença ainda proferida.

O brutal assassinato do cidadão afro-americano George Floyd, em Maio de 2020, depois de ter sido preso em Minneapolis, provocou uma onda de indignação contra o racismo policial nos EUA.

O polícia que o matou, Derek Chauvin, foi condenado a mais de 22 anos de prisão, com garantia mínima de 20 anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA

Homem que recebeu rim de um porco teve alta hospitalar