This content is not available in your region

Vozes da Rússia: a história do bar "Pirojki"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Bar "Pirojki", Paris. -
Bar "Pirojki", Paris. -   -   Direitos de autor  Euronews.

Situado em Paris, o bar "Pirojki" abriu depois do início da guerra na Ucrânia e serve pratos típicos russos e ucranianos. Elena Biktimirova, a dona do restaurante, é russa mas uma das suas avós é ucraniana. Decidiu abrir o bar porque acredita que a gastronomia "é a melhor forma de aproximar as pessoas."

Segundo a proprietária, a ementa inclui receitas tanto da avó russa como da ucraniana, com a qual cresceu, na vila de Pustovoitovo. O comer da avó é a sua recordação mais querida da infância e quis, por isso, partilhar as suas receitas com o mundo.

Quando o bar abriu, ficou surpreendida com a reação calorosa do público e, em particular, com o carinho com que os clientes russos e ucranianos acolheram a initiativa. Acredita que o sucesso do bar se deve ao facto de este ser um espaço de paz, amor e união, que traz boas memórias a todos.

O bar foi decorado por artistas voluntários de vários países e o pessoal inclui tanto russos como ucranianos. "O curioso", afirma Elena, "é que as receitas dos dois países são praticamente idênticas e são preparadas da mesma forma."

No dia da inauguração, teve convidados de Moscovo, São Petersburgo e Kiev, e todos eles ficaram impressionados com a semelhança de paladares. A jovem está convencida que a gastronomia tradicional ajuda a construir um sentimento de fraternidade e de identidade comum entre os dois povos.

Com dois irmãos a viver na Ucrânia com as suas famílias, "é importante pensar naquilo que nos une e ultrapassar barreiras, para sobreviver à tragédia da guerra e da destruição," conclui.