EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Maioria absoluta do PP na Andaluzia

Juan Manuel Moreno conseguiu a maioria absoluta, conquistando 58 dos 109 deputados da Assembleia
Juan Manuel Moreno conseguiu a maioria absoluta, conquistando 58 dos 109 deputados da Assembleia Direitos de autor /AFP
Direitos de autor /AFP
De  euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Partido Popular espanhol consegue a maioria absoluta na Andaluzia. Partido Socialista de Pedro Sánchez tem o pior resultado de sempre na região

PUBLICIDADE

O Partido Popular espanhol conseguiu uma vitória histórica nas eleições regionais da Andaluzia.

O presidente da maior região espanhola, Juan Manuel Moreno conseguiu a maioria absoluta, conquistando 58 dos 109 deputados da Assembleia evitando, assim, a entrada no Governo da extrema-direita.

Moreno duplicou o número de assentos alcançados em 2018, conseguindo captar votos dos liberais do Cidadãos, que desaparecem do Parlamento andaluz, e tirar votos ao Partido Socialista e ao Vox.

"A Andaluzia vai ter quatro anos de prosperidade, de progresso, de melhoria, de avanço, de continuidade na gestão dos interesses da Andaluzia com honestidade, transparência, moderação e serenidade. Vamos fazê-lo durante mais quatro anos", sublinha Moreno.

O Partido Socialista Operário Espanhol conquistou apenas 30 deputados.

Este é o pior resultado eleitoral da história do partido de presidente do Governo espanhol Pedro Sánchez num bastião eleitoral tradicional, confirmando assim o pessimismo instalado no seio do PSOE.

As eleições na Andaluzia são as primeiras do líder nacional do Partido Popular, Alberto Feijóo, que espera que este seja o ponto de partida para um novo ciclo que conduza o partido à vitória nas eleições legislativas nacionais previstas para o final de 2023.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Andaluzia: governo conservador com apoio da extrema-direita

Andaluzia muda panorama político em Espanha

Extrema-direita conquista espaço na Andaluzia