Grand Slam de Ulan Bator: o regresso do campeão olímpico Takanori Nagase

Joonhwan Lee lança Shamil Borchashvili na final de -81kg do Grand Slam de Ulan Bator.
Joonhwan Lee lança Shamil Borchashvili na final de -81kg do Grand Slam de Ulan Bator. Direitos de autor IJF/Sabau Gabriela
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Este domingo, último dia da prova, estarão em ação Anri Egutidze, em -90 kg, e Jorge Fonseca, em -100 kg.

PUBLICIDADE

Segunda jornada do Grand Slam de Judo de Ulan Bator, dia da cerimónia oficial de abertura, que ofereceu ao público um espetáculo único de danças tradicionais da Mongólia.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Associação de Judo da Mongólia, Battulga Khaltmaa, e do diretor-geral da Federação Internacional de Judo (FIJ), Vlad Marinescu.

A competição marca o arranque do apuramento olímpico para Paris 2024.

A nipónica Nami Nabekura lutou na final de -63kg frente a Gili Sharir e sagrou-se campeã com um dos seus conhecidos golpes de pés inteligentes, que lhe valeu o título. 

Esta foi a terceira medalha de ouro para o Japão no torneio.

O fundador e diretor-executivo do Centro de Campeões, Namsrai Batsaikhan, apresentou as medalhas da categoria.

A minha técnica favorita é o Uchi-mata, mas hoje os meus ashi-waza, como o ko-uchi-gari e ko-soto-gari, foram eficazes. Consegui mostrar variações na minha técnica. Foi uma boa experiência.
Nami Nabekura

O atual campeão olímpico em -81kg, Takanori Nagase esteve no centro das atenções. De regresso à prova usando pela primeira vez o dorsal dourado, o judoca começou o dia com um o-soto magnífico e uma vitória por ippon.

De seguida, lutou mas não resistiu contra o jovem sul-coreano Joonhwan Lee, que participa pela segunda vez num torneio da FIJ mas revelou-se a surpresa do dia. O judoca venceu o veterano nipónico com uma técnica de arremesso típica do judo coreano.

Na final, Joonhwan Lee prevaleceu sobre o medalhista olímpico de bronze, Shamil Borchashvili, com mais uma técnica de arremesso veloz que lhe garantiu a sua segunda medalha de ouro num torneio da FIJ.

As medalhas foram apresentadas pelo presidente do município de Ulan Bator, Dolgorsuren Sumiyabazar.

Estou muito grato por sentir o apoio de tantas pessoas na assistência. Farei tudo para não ficar aquém das expectativas no futuro.
Joonhwan Lee

Na final de -70kg, Madina Taimazova venceu a japonesa Yoko Ono.

O medalhista olímpico de bronze Tsogtbaatar Tsend-Ochir alcançou o melhor resultado do dia para a nação anfitriã, tendo conquistado uma medalha de prata em -73kg. Makhmadbek Makhmadbekov foi o vencedor da categoria.

Os portugueses em prova

O judoca português João Fernando foi eliminado na primeira ronda dos -81kg, frente a Vladimir Zoloev, do Quirguistão.

Na sexta-feira a judoca Joana Diogo, a competir em -52 kg, foi a portuguesa mais bem classificada, tendo alcançado o quinto lugar. Rodrigo Lopes acabou em sétimo e Francisco Mendes foi derrotado na estreia, ambos em -60 kg.

Este domingo, último dia da prova, estarão em ação Anri Egutidze, em -90 kg, e Jorge Fonseca, em -100 kg.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jovens ucranianos testemunham desempenho exemplar do Japão no Grand Slam da Hungria

Grand Slam de Antália: medalha de ouro para o português campeão do mundo Jorge Fonseca

Japão "limpa" medalhas no segundo dia do Grand Slam de Ulan Bator