This content is not available in your region

Grand Slam de Ulan Bator: o regresso do campeão olímpico Takanori Nagase

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Joonhwan Lee lança Shamil Borchashvili na final de -81kg do Grand Slam de Ulan Bator.
Joonhwan Lee lança Shamil Borchashvili na final de -81kg do Grand Slam de Ulan Bator.   -   Direitos de autor  IJF/Sabau Gabriela

Segunda jornada do Grand Slam de Judo de Ulan Bator, dia da cerimónia oficial de abertura, que ofereceu ao público um espetáculo único de danças tradicionais da Mongólia.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Associação de Judo da Mongólia, Battulga Khaltmaa, e do diretor-geral da Federação Internacional de Judo (FIJ), Vlad Marinescu.

A competição marca o arranque do apuramento olímpico para Paris 2024.

A nipónica Nami Nabekura lutou na final de -63kg frente a Gili Sharir e sagrou-se campeã com um dos seus conhecidos golpes de pés inteligentes, que lhe valeu o título. 

Esta foi a terceira medalha de ouro para o Japão no torneio.

O fundador e diretor-executivo do Centro de Campeões, Namsrai Batsaikhan, apresentou as medalhas da categoria.

A minha técnica favorita é o Uchi-mata, mas hoje os meus ashi-waza, como o ko-uchi-gari e ko-soto-gari, foram eficazes. Consegui mostrar variações na minha técnica. Foi uma boa experiência.
Nami Nabekura

O atual campeão olímpico em -81kg, Takanori Nagase esteve no centro das atenções. De regresso à prova usando pela primeira vez o dorsal dourado, o judoca começou o dia com um o-soto magnífico e uma vitória por ippon.

De seguida, lutou mas não resistiu contra o jovem sul-coreano Joonhwan Lee, que participa pela segunda vez num torneio da FIJ mas revelou-se a surpresa do dia. O judoca venceu o veterano nipónico com uma técnica de arremesso típica do judo coreano.

Na final, Joonhwan Lee prevaleceu sobre o medalhista olímpico de bronze, Shamil Borchashvili, com mais uma técnica de arremesso veloz que lhe garantiu a sua segunda medalha de ouro num torneio da FIJ.

As medalhas foram apresentadas pelo presidente do município de Ulan Bator, Dolgorsuren Sumiyabazar.

Estou muito grato por sentir o apoio de tantas pessoas na assistência. Farei tudo para não ficar aquém das expectativas no futuro.
Joonhwan Lee

Na final de -70kg, Madina Taimazova venceu a japonesa Yoko Ono.

O medalhista olímpico de bronze Tsogtbaatar Tsend-Ochir alcançou o melhor resultado do dia para a nação anfitriã, tendo conquistado uma medalha de prata em -73kg. Makhmadbek Makhmadbekov foi o vencedor da categoria.

Os portugueses em prova

O judoca português João Fernando foi eliminado na primeira ronda dos -81kg, frente a Vladimir Zoloev, do Quirguistão.

Na sexta-feira a judoca Joana Diogo, a competir em -52 kg, foi a portuguesa mais bem classificada, tendo alcançado o quinto lugar. Rodrigo Lopes acabou em sétimo e Francisco Mendes foi derrotado na estreia, ambos em -60 kg.

Este domingo, último dia da prova, estarão em ação Anri Egutidze, em -90 kg, e Jorge Fonseca, em -100 kg.