This content is not available in your region

Maior fábrica de aço tenta manter produção em tempos de guerra

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Ruínas da fábrica de aço da Azovstal, Mariupol
Ruínas da fábrica de aço da Azovstal, Mariupol   -   Direitos de autor  YURI KADOBNOV/AFP or licensors

A Ucrânia é um dos maiores produtores de aço do mundo e, depois das forças russas terem destruído o simbólico complexo da Azovstal, a fábrica Kametstal, a trezentos quilómetros de distância, tornou-se na maior do país. Trabalham aí mais de 9000 pessoas, incluíndo muitas vindas da Azovstal, em Mariupol.

Dmytro Lyppa, diretor da fábrica Kametstal:"A Azovstal tornou-se um símbolo do nosso país, da luta contra o inimigo. Tenho orgulho em trabalhar para a Metinvest Holding, que inclui a fábrica da Azovstal. Ao ver esse exemplo, fazemos o nosso trabalho e ajuda-nos a acreditar no futuro e na vitória."

Apesar do contexto da guerra, a Kametstal produz várias toneladas de aço por dia, mas o diretor da fábrica reconhece que a tarefa não é simples:

"Estamos a trabalhar na redução dos custos de produção, mas estamos a perder em termos de competitividade. Temos três fornalhas na fábrica, mas infelizmente só uma está em funcionamento atualmente. Reduzimos a produção em dois terços e estamos a perder bastante dinheiro."

Antes da invasão, o aço aqui produzido era exportado através do Mar Negro mas, devido ao conflito, foi necessário encontrar rotas alternativas, com consequências diretas na subida dos preços.