EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Reino Unido forma militares ucranianos para usar drones subaquáticos

Reino Unido está a formar mais de uma dezena de militares ucranianos
Reino Unido está a formar mais de uma dezena de militares ucranianos Direitos de autor Кадр из видео Associated Press
Direitos de autor Кадр из видео Associated Press
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Mais de uma dezena de militares ucranianos vão aprender a utilizar drones subaquáticos.

PUBLICIDADE

O Reino Unido está a formar mais de uma dezena de militares ucranianos para utilizarem drones subaquáticos. O objetivo: localizar e neutralizar minas russas na linha costeira da Ucrânia.

Um membro da marinha ucraniana explica que "este é um drone subaquático que será muito útil para desobstruir a área marítima, especialmente a região crítica, perto de Odessa" e também para "encontrar minas".

Para além da formação de três semanas, no sul de Inglaterra, o Reino Unido, em conjunto com os Estados Unidos, vai doar seis drones subaquáticos à Ucrânia, que utilizam a tecnologia sonar, e que, como tal, permitem detetar ameaças explosivas debaixo de água.

Um almirante britânico explica que dispositivos serão capazes de "desobstruir muito rapidamente as rotas de e para os portos" e defende que isto é "importante porque existe uma pressão global para começar a deslocar os cereais, óleo vegetal e milho que estão retidos na Ucrânia e que precisam de começar a circular".

A Ucrânia afirma encontrar projécteis por explodir em várias zonas do país e explica que, depois, tenta desactivá-los em zonas seguras.Os residentes das zonas mais afetadas pelo conflito relatam encontrá-los por toda a parte.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estadia de russos e bielorrussos na Ucrânia comprometida

Autoridades ucranianas distribuem comprimidos de iodo

Rússia divulga vídeo de inspeção a cargueiro no Mar Negro com destino a porto ucraniano