Motociclos de combustão passam a pagar estacionamento em Paris

Motociclos de combustão passam a pagar estacionamento em Paris
Motociclos de combustão passam a pagar estacionamento em Paris Direitos de autor Aurelien Morissard/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Estacionamento passa a custa três euros por hora, valor que contrasta com os dois euros nos arredores da capital francesa.

PUBLICIDADE

Em Paris, capital francesa, os cidadãos com motociclos de combustão passam a ter de pagar estacionamento. Desde esta quinta-feira, 01 de setembro, duas empresas foram destacadas nas ruas para localizar potenciais infratores. A multa por não pagamento de estacionamento é de 25 euros ou 37,50 euros, dependendo da zona.

Os motociclistas estão indignados com a medida, que foi aprovada tendo em conta argumentos como "a poluição atmosférica ou sonora" e um "melhor equilíbrio do espaço público", de acordo com a câmara de Paris.

O estacionamento passa a custar três euros por hora, um valor que contrasta com os dois euros nos arredores da capital francesa. Os residentes têm, contudo, a possibilidade de optar por um preço de residente, que se fixa em 22,5 euros anuais, a que se somam 0,75 cêntimos por dia de estacionamento.

De salientar que os veículos elétricos de duas rodas continuam a poder usufruir de estacionamento gratuito na capital gaulesa.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Motociclistas recordam massacre de Srebrenica

Mais de mil mortos e pelo menos 1.500 feridos após terramoto no Afeganistão

Motociclismo para principiantes e avançados no Dubai