EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Inflação leva governo português a gastar 2 400 milhões de euros para ajudar as famílias

Governo português gasta 2400 milhões de euros para ajudar famílias
Governo português gasta 2400 milhões de euros para ajudar famílias Direitos de autor ANTONIO PEDRO SANTOS/EPA
Direitos de autor ANTONIO PEDRO SANTOS/EPA
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pacote de medidas de apoio às famílias anunciado por António Costa, segue-se um plano de apoio às empresas e não estão descartadas ajudas à habitação

PUBLICIDADE

A maior inflação em trintaanos obriga os portugueses a abrir os cordões à bolsa. O governo de António Costa não é exceção e irá gastar 2400 milhões de euros para ajudar as famílias portuguesas a fazer face à subida dos preços.

As medidas anunciadas esta segunda-feira eram há muito aguardadas e preveem um pagamento de 125 euros a cada cidadão com rendimentos inferiores a 2700 euros por mês, a que se juntam 50 euros por cada descendente a seu cargo.

Já os pensionistas irão receber um pagamento extra de 50% da sua pensão.

O governo anunciou também a redução do Imposto de Valor Acrescentado sobre a eletricidade de 13% para 6%, medida dependente de aprovação na Assembleia da República.

Pode consultar aqui todas as medidas anunciadas pelo executivo português. Além da ajuda às famílias, está previsto ainda um pacote de apoio às empresas e não está colocada de parte a possibilidade de apoiar o mercado da habitação.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ministro das Finanças promete execução atempada dos fundos europeus

Banco Central Europeu aumenta em 0,75 pontos percentuais as taxas de juro de referência

Processo de António Costa desce do Supremo para o DCIAP