This content is not available in your region

Líderes da UE homenageiam Isabel II

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Isabel II morreu aos 96 anos, após 70 anos de reinado.
Isabel II morreu aos 96 anos, após 70 anos de reinado.   -   Direitos de autor  Alastair Grant/AP

Os líderes da União Europeia juntam-se aos britânicos e prestam homenagem à Rainha Isabel II.

Em Paris, o presidente francês assinou o livro de condolências na embaixada do Reino Unido.

Emmanuel Macron fez questão de realçar a coragem da soberana e de lamentar a perda de uma amiga de França.

"Estamos gratos pelo seu profundo afeto pelos amigos. Isabel II dominou a nossa língua, amou a nossa cultura, e tocou os nossos corações", sublinhou o chefe de Estado gaulês.

Em Berlim, o chanceler germânico Olaf Scholz destacou o papel importante que Isabel II desempenhou na reconciliação entre o Reino Unido e a Alemanha após a Segunda Guerra Mundial e disse que isto não será esquecido.

As bandeiras foram colocadas a meia haste no Bundestag e nos edifícios do Governo.

Scholz afirmou que "a Alemanha olha para trás com gratidão para a Rainha, que, entre muitos outros, também representou o facto de os antigos inimigos de guerra, a Grã-Bretanha e a Alemanha, terem conseguido reconciliar-se".

Já o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, destacou o serviço e sentido de compromisso da Rainha Isabel II, em especial porque atravessou várias crises ao longo da sua vida.

"É a morte de uma personalidade que é monumental e nós conhecemo-la há setenta anos. Ela viveu todas as grandes crises do nosso tempo - a Segunda Guerra Mundial, a Guerra Fria e, mais recentemente, a guerra na Ucrânia", disse.

Em Itália, foram várias as pessoas que depositaram flores em frente à embaixada do Reino Unido, em Roma, prestando homenagem à soberana que desapareceu na quinta-feira, aos 96 anos, após 70 anos de reinado.