EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Austrália afasta referendo sobre república e sauda o novo Rei

A cerimónia de proclamação do Rei foi dirigida pelo governador-geral australiano David Hurley, na Casa do Parlamento, em Camberra.
A cerimónia de proclamação do Rei foi dirigida pelo governador-geral australiano David Hurley, na Casa do Parlamento, em Camberra. Direitos de autor Mick Tsikas/The Associated Press
Direitos de autor Mick Tsikas/The Associated Press
De  euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-ministro da Austrália, Anthony Albanese, diz que este não é o momento para o país discutir que quer ou não ser uma República e separar-se da Coroa Britânica

PUBLICIDADE

Carlos III foi oficialmente proclamado rei da Austrália.

A cerimónia foi dirigida pelo governador-geral australiano David Hurley, na Casa do Parlamento, em Camberra. Uma cerimónia semelhante teve lugar em todos os estados da Austrália, que pertence à Commonwealth.

Nesta altura de mudança, o primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, fez questão de frisar que este não é o momento para alterações constitucionais e que não realizará um referendo sobre se a Austrália deverá tornar-se numa república no seu primeiro mandato.

"As minhas opiniões sobre isso são bem conhecidas, e bem documentadas, mas agora não é o momento de falar sobre o nosso sistema de Governo. Agora, é um momento para prestarmos homenagem à vida da Rainha Isabel, uma vida bem vivida (...). Hoje iremos, naturalmente, comemorar a Proclamação do Rei Carlos III como Chefe de Estado da Austrália. Esse é o sistema de Governo que temos. É um sistema que, como primeiro-ministro australiano, tenho a responsabilidade de respeitar", frisa.

Mais a sul, também a Nova Zelândia proclamou Carlos III como o novo rei. A primeira-ministra, Jacinda Ardern prestou tributo a Isabel II e sublinhou a forte ligação que a Coroa britânica tem com o país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Carlos III quer seguir "exemplo inspirador" de Isabel II

Notas com cara de Carlos III entram em circulação em junho

Já é 2024 do outro lado do mundo: os festejos na Nova Zelândia, Austrália e China