This content is not available in your region

Banco de Inglaterra sobe taxa de juro de 1,75% para 2,25%

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Decisão do Banco de Inglaterra surge na sequência de medida idêntica da Reserva Federal dos EUA
Decisão do Banco de Inglaterra surge na sequência de medida idêntica da Reserva Federal dos EUA   -   Direitos de autor  Kirsty Wigglesworth/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

É a subida mais alta desde dezembro de 2008 e a culpa é da inflação.

O Banco de Inglaterra anunciou, esta quinta-feira, a subida das taxas de juro de 1,75% para 2,25%.

Diz que apesar de um abrandamento ligeiro da inflação em agosto, esta “deverá continuar acima dos 10% nos próximos meses, antes recuar”, até porque que se prevê que os preços da energia continuem a subir.

O aumento do preço do dinheiro no Reino Unido surge depois de a Reserva Federal dos EUA anunciar medida idêntica.

Os juros de referência subiram 0,75 pontos percentuais nos EUA. Foi a quinta vez este ano.

Situam-se atualmente no intervalo entre 3 e 3,25%, que não se registava desde a crise financeira de 2008.