EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Eleição autárquica decidida por moeda ao ar no Peru

Lançamento de moeda ao ar para apurar o vencedor de uma eleição autárquica no Peru
Lançamento de moeda ao ar para apurar o vencedor de uma eleição autárquica no Peru Direitos de autor AFP
Direitos de autor AFP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foi com moeda ao ar que a eleição municipal numa aldeia andina, no Peru, foi resolvida, após o empate eleitoral entre os dois candidatos mais votados

PUBLICIDADE

Cara ou coroa. Foi com moeda ao ar que a eleição municipal numa aldeia andina da região de Ayacucho, no Peru, foi decidida, depois do empate eleitoral entre os dois candidatos mais votados.

O desempate fez-se em cerimónia pública, com a moeda a ser lanaçada por um funcionário do Gabinete Nacional dos Processos Eleitorais.

De acordo com o anúncio do resultado feito na segunda-feira, Alfredo Baldarrago Castillo, do partido esquerdista Peru Libre, foi eleito presidente da câmara do distrito de Corculla, na província de Páucar del Sara Sara, na região de Ayacucho.

Baldarrago, um professor rural, e o seu rival Lelis Dávalos, do Movimento Regional da Água, foram os candidatos com mais votos, recebendo cada um 83 votos entre os 240 eleitores que participaram nas eleições municipais de 2 de outubro, numa aldeia de 445 habitantes.

"De acordo com o lançamento da moeda, a coroa, correspondente ao candidato do partido Peru Libre, foi surgiu à vista de todos.

O lançamento da moeda teve lugar no sábado em Corculla, mas devido ao afastamento da aldeia, a notícia só se espalhou na segunda-feira em Lima.

Não é a primeira vez que uma moeda decide uma eleição no Peru. Em outubro de 2018, o presidente da câmara de Tibillo, em Ica, ganhou o cargo após um processo semelhante.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente do Peru, Pedro Castillo, destituido e detido

Peru: Alberto Fujimori libertado da prisão por razões humanitárias

Turquia: partido do presidente Erdogan derrotado nas eleições autárquicas