Falta de carvão preocupa polacos a dois meses do inverno

Access to the comments Comentários
De  Julian GOMEZ  & euronews
Falta de carvão preocupa polacos a dois meses do inverno
Direitos de autor  euronews

A Polónia enfrenta uma escassez de carvão devido ao declínio da produção, ao embargo às importações russas e à inflação generalizada.

A falta de carvão ameaça a sobrevivência e o bem-estar de dois milhões de polacos que dependem do carvão para trabalhar e aquecer as casas. O aumento dos preços não ajuda. A dois meses do inverno, a população está cada vez mais preocupada.

A euronews esteve na região da Silésia, no sul da Polónia,  onde a falta de carvãoameaça a sobrevivência e o bem-estar das pessoas.

"Este é todo o carvão que me resta para o Inverno. Após 25 anos de trabalho nas minas,  não tenho nada. Não tenho carvão, nem dinheiro para comprar carvão", disse à euronews Jacek Kowalski, reformado polaco que durante vários anos recebeu três toneladas de carvão grátis, como todos os antigos trabalhadores das minas. 

euronews
O custo do armazenamento da fruta num frigorífico aumentou 1000%.euronews

Todos os setores da sociedade são afetados pela falta de carvão

O Hospital do Espírito Santo concebeu um plano de contingência que passa por reduzir o tempo de visita de familiares e amigos para poupar eletricidade. A euronews visitou uma quinta ameaçada pela subida dos preços da energia.

"A energia representa hoje cerca de 60% das nossas despesas totais. Antes, representava entre 20 ou 30% dos nossos custos. No ano passado, quase não ganhámos dinheiro com as maçãs, Com estes preços é quase certo que a colheita das maçãs vai custar-me dinheiro", disse à euronews Remigiusz Lukawski, produtor de maças.

Clique no vídeo para ver a reportagem completa com legendas em português.