EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Brasil e o mundo choram morte de Gal Costa

Gal Costa
Gal Costa Direitos de autor Alberto Pellaschiar/Copyright 2022. The AP. All rights reserved
Direitos de autor Alberto Pellaschiar/Copyright 2022. The AP. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ícone da música popular brasileira está a ser lembrada por muitos dos que a acompanharam, como artistas e público.

PUBLICIDADE

A notícia da morte de Gal Costa deixou o Brasil, mas não só, de luto. Nas redes sociais, multiplicam-se os lamentos à partida da artista. E até o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa evocou a cantora brasileira "já com saudade", agradecendo o "meio século de canções". Musa do tropicalismo e uma das vozes mais proeminentes da música popular brasileira, Gal Costa morreu esta quarta-feira, aos 77 anos. 

Caetano Veloso, que compôs para Gal e, por várias vezes, cantou ao lado da artista, lembrou "Maria da Graça, Gracinha, Gal", como uma das vozes femininas "em que a canção brasileira se encontrou engrandecida"-

"Nossa irmãzinha se foi...", lamentou Gilberto Gil numa sentida homenagem a Gal Costa.

A cantora Maria Bethânia não conteve as lágrimas ao falar de Gal Costa, que acompanhou desde o início da carreira, descrevendo a morte da artista como "difícil demais".

Às vozes dos artistas baianos e grandes nomes da Tropicália, juntaram-se ainda as homenagens de múltiplas figuras públicas brasileiras e anónimos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Cyndi Lauper imortalizou as suas impressões digitais e pegadas à porta do TCL Chinese Theatre

Abertura da Bienal de Veneza marcada pelas guerras

Descoberto salão de banquetes em Pompeia